segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Mantendo a promessa...

Eu me lembro perfeitamente de como conheço meu amigo paraense.
Antes dele ir para Dublin, estava pesquisando pelo facebook, coisas sobre o lugar, moradia, e etc... E por acaso acabamos entrando em contato. Conversamos um pouco por uns dias e quando ele estava pra chegar, acabamos perdendo o contato, mas ele tinha meu numero de lá, então poderia entrar em contato.

Cerca de um mês depois, um número estranho me liga e era ele, me chamando pra ir beber umas cervejas em um PUB com seus amigos. Marquei de conhece-lo, mas infelizmente não conseguimos nos encontrar e marcamos de nos ver novamente no mesmo lugar na outra semana.
Desta vez, conseguimos nos ver, nos conhecemos e conversamos. Acabei recebendo o convite para participar de seu aniversário no apartamento em que ele estava morando.
Aceitei o convite e levei um amigo comigo pois eu não conhecia ninguém por lá...

Bem, a partir desde dia, meus dias em Dublin que já eram bons, ficaram melhores ainda. Tive o grande prazer de fazer um grande amigo, entrar pra sua roda de amigos onde saímos todos juntos para PUBS e baladas, jantares, almoços, beber juntos nos finais de semana, ir ao parque da cidade aproveitar os dias de sol, aprontar pela cidade, procurar emprego... TUDO, fazíamos tudo juntos!

Os dias foram se passando e a intimidade e amizade crescendo cada vez mais. E com isso, muitos dos amigos foram voltando para o Brasil com o passar do tempo. Os dias foram ficando mais tristes sem a companhia de todos.

Me lembro bem que em Fevereiro, meu amigo paraense estava voltando de sua viagem pela Europa e no outro dia voltaria ao Brasil. Quando ele chegou, estava em sua casa para recepcioná-lo, jantarmos juntos e nos despedirmos.
Estava muito frio, muito mesmo, e não havia nevado em Dublin como todos estavam esperando.
Tínhamos terminado de jantar, conversamos mais um pouco e quando foi cerca de 03:30 da madrugada, resolvi ir embora para ele descansar pra poder viajar no outro dia.
Nos despedimos outra vez no portão e quando fui me virar de costas, começou a nevar!

Ficamos ali por cerca de 30 minutos vendo a neve cair, batendo fotos, falando bobeiras e morrendo de frio!

Agora realmente era hora de ir, então me despedi novamente com um "até breve" e fui.

Chegando em casa, me sentei na frente do computador, comecei a ver as nossas fotos juntas e fui me
lembrando de todos os momentos que passamos juntos por lá. Me bateu um desespero de nunca mais poder ver pessoalmente meu amigo paraense e comecei a chorar em frente ao PC.
Alguns minutos depois, recebo uma mensagem dele no facebook me agradecendo por tudo e juramos que ainda nos veríamos no Brasil o mais breve possível.

Bem, 2 meses depois de minha volta ao Brasil, 6 meses depois de termos feito a promessa de nos vermos novamente, volto a escutar novamente aquele sotaque que não paro de atormentar, e desta vez, acho que vai demorar um bom e longo tempo pra haver outra despedida...

12 comentários:

  1. A vida tem umas coisas bacanas, né?! Eu ando brincando com as "improbabilidade" das coisas... no meu caso, muitas coisas que aconteceram e aparentemente não era tão significativas, ou poderiam ter se perdido, no fim se mostraram "pontos-chave" para outros momentos...

    Uma amizade muito legal!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente bem assim mesmo Latinha.
      Poderíamos ter apenas conversado e bebido cerveja juntos naquele dia e nunca mais nos falarmos, nos encontrarmos nas baladas por lá e conversar por alguns minutos e nao nos vermos mais, termos ficado juntos em um dia qualquer e acabar por alí mesmo... Aliás, poderíamos ter nos conhecido aqui no Brasil, mas nao, teve de ser do outro lado do mundo e se tornado essa grande e gostosa amizade que temos juntos.
      Virou meu irmaozao de coracao, como todos os amigos que fiz por lá!

      Excluir
  2. Respostas
    1. Ixi, eu pra falar a verdade, reparo mais na boca que sai o sotaque... Se eu gostar, nem percebo o mesmo... kkkkkkkkkkk

      Excluir
  3. que coisa mais linda! ô texto lindo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As vezes sai umas coisas boas né Dr? kkkkkkk

      Excluir
  4. (Re)ver as pessoas queridas é mesmo mágico. Abração, Du e gracias pelo seu comment lá no "níver-post" do TPM! Hugzão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre muito bom poder rever quem cativa a gente!
      Sempre visitei o TPM, mas nunca havia comentado por lá, kkkkkkkk
      Parabéns pelo Blog Fred! E que venham mais anos de blog!
      hugs

      Excluir
  5. Os Outros é bom demais! Eu gostcho! Hugz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom mesmo. Os Outros me marcou demais!

      Excluir
  6. O Manson fica até bunitim perto daqueles demos, nzé? Hahahaha! Hugz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahahahahah... comparado com aquele povo, eu apresentava o MM pra família!

      Excluir